quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Tire seu fone de ouvido.

Você está em um ambiente de mistério, de inúmeras historias com choros de alegria e tristeza, com objetivos incríveis – alcançáveis e distantes, com heróis e sobreviventes escondidos. Sabe o que é mais provável você fazer? Colocar o fone de ouvido, escutar a sua música e até dizer que estava viajando em seu mundo para fugir do mundo real.

Mas sabe qual era o ambiente ao qual eu me referia? Um ônibus. Lotado, cheio de pessoas que parecem estar acostumadas àquela situação, agindo por instinto ou então com olhares distantes através das janelas. E você abandonou todo o encanto pela vida quando colocou o fone. Abandonou a disposição de encontrar algo maravilhoso para viver. Desperdiçou minutos em uma música que você já escutou, podendo mergulhar em histórias que você nunca iria descobrir.

Talvez você nunca descubra mesmo, ao menos que tentasse dar um “Bom Dia” para o cobrador e depois de alguns dias já penetrassem um na história do outro. Um dia eu tive uma conversa com um cobrador que eu não teria em um mês se eu não tivesse apenas perguntado se aquele horário era sempre deserto. Graças à ousadia dele em perguntar o que eu estava estudando, por que eu escolher o curso e até como era minha vida por eu aparentar ser uma boa menina, eu conheci mais sobre a vida dele e ele sobre a minha a até podemos aprender algo um com o outro.

Será que no seu mundo você teria visto que um homem se dispôs a carregar a filha de uma mulher que estava no colo de uma garota, para que a mãe pudesse ajeitar suas sacolas naquele ambiente super apertado antes de tentar se deslocar pelo corredor até a saída com a menina nos braços? Um grande desafio não é?

Ainda que você não se interesse pela vida de cada um e desperte o altruísmo em si, já pensou nas oportunidades que você pode perder todos os dias de contemplar o belo nos pequenos momentos da sua vida? Você já parou para observar a cor que as folhas assumem quando o sol da manhã reluz sobre elas? Talvez nesse momento você estivesse reclamando por acordar cedo, mas nesse momento há um mundo lindo acordando para te fazer feliz enquanto você ignora e coloca mais um vez seus fones de ouvido.


Lily.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog