quinta-feira, 6 de junho de 2013

A cada giro do mundo

A cada giro do mundo
Uma fase sobre mim
Tentar compreende-lo
Talvez me faça existir
Talvez não seja só ele quem gira
Também tudo que possa sentir

A Lucy está no céu com diamantes
Meus poemas são incompreendidos
Sinto o tempo correr
E cair por meus dedos perdidos

Pensar constante e buscar respostas
Os sonhos se perdem pelo caminho
Se o coração bater sozinho
Traga alguém para se aventurar


Use a música para satisfazer a alma
Se junte a outras para viver
Não pare, não se perca na calma
Aprecie da manhã á noite se esconder

Lily.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog