quinta-feira, 6 de junho de 2013

Onde estão os heróis?


Buscamos a todo o momento uma razão para viver, um motivo para se agarrar a vida, um exemplo para seguir, o porquê de estar aqui. Ficamos tão fissurados em um motivo esplendido que às vezes algo grandioso passa despercebido diante de nós. Despercebido por nossos olhares se acomodarem ás rotinas, ás coisas normais e “fáceis”.

Mas se todas as pessoas parassem para notar os detalhes do mundo, iriam perceber que os heróis estão ao nosso lado e que detalhes nos fazem viver.

Heroína é aquela mulher que está vendendo água no semáforo, acostumada depois de tanto suportar o calor e a temperatura fervorosa que o sol do meio-dia proporciona nos dias do verão de Salvador. Ela consegue manter todas as águas fresquinhas para que o senhor rico que está sentado dentro do seu carro com ar condicionado possa matar sua sede.
Além disso, ela é, como tantas outras, uma heroína por conseguir sobreviver com uma renda salarial muito baixa e ainda sustentar seu filho.

- Mãe, por que isso? Você está perdendo a sua vida.
- Filho, eu estou perdendo a minha vida para poder melhorar a sua.

Herói é aquele pai que quando novo trabalhou para pagar os estudos, para poder conseguir uma boa formação e hoje pode ter uma vida de conforto. Mesmo tendo poucas horas de lazer, esse pai separa um tempo na sua semana, mesmo que seja um domingo apenas, para conversar com sua família. Esse pai descobre que seu filho entrou no mundo das drogas e ao invés de descarregar sua raiva e jogar todos os nomes horríveis naquele momento, o que nada adiantaria, ele apenas diz: Eu estou aqui mais uma vez e vamos juntos, conseguir vencer.

Herói é aquele gari, que tem um emprego digno, que onde quer que vá mantem a educação, aquele homem de caráter que mesmo trabalhando juntando o lixo que as pessoas mal educadas jogam pelas ruas, consegue trabalhar com um sorriso no rosto, porque se é de manhã cedo, ele pode escutar o canto dos pássaros junto com o amanhecer, ele trabalha, mas para, para ver as folhas balançando com o passar dos ventos e mesmo com as dificuldades, ele volta todos os dias para casa com um coração puro porque ele tem esperança e pode lutar.

Dê um tempo para pensar no que você faz no seu dia-a-dia. Não use o tempo com coisas fúteis e com magoas. Olhe para o lado de fora do ônibus quando voltar da escola, faculdade ou trabalho e tente buscar um pássaro que constrói o ninho para sua família. Se você pode, separe uma folga para passear onde tem natureza e respeite-a. E veja que em todos os lugares existem heróis e algo bonito para lhe inspirar.

Lily.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog